Poéticas diferentes se encontram na coletiva “O Jardim”, inaugurada na Casa Roberto Marinho dia 5 de dezembro.

Com projeto original de Roberto Burle Marx, os jardins da propriedade inspiram a temática que norteia a exposição. A mostra segue em cartaz até 26 de abril de 2020.

Ao todo, 11 artistas contemporâneos criaram múltiplos alinhados pela diversidade de suas linguagens: Suzana Queiroga, Angelo Venosa, Beatriz Milhazes, Carlito Carvalhosa, Hilal Sami Hilal, Iole de Freitas, Luciano Figueiredo, Maria Bonomi, Paulo Climachauska, Regina Silveira e Vania Mignone.

Os múltiplos trazem o interesse das concepções específicas de cada artista sobre o tema jardim: lugar de memória, afirmação do homem sobre a natureza, referências literárias, local da infância, de afetos ou das representações da arte ao longo dos tempos.

“É um mergulho nos jardins concretos e imaginários de cada um”, comenta o diretor da Casa Roberto Marinho e curador da exposição, Lauro Cavalcanti.

Exposição coletiva “O Jardim”

Data: até 26 de abril de 2020, com visitação de terça a domingo, sempre das 12h às 18h

Local: Instituto Casa Roberto Marinho – Rua Cosme Velho, 1105 – Cosme Velho, Rio de Janeiro