Andrea Brown

  • Exposição do Acervo | Matias Brotas arte contemporânea | 08.12.17 a 10.02.18
    Permalink Gallery

    Exposição do Acervo | Matias Brotas arte contemporânea | 08.12.17 a 10.02.18

Exposição do Acervo | Matias Brotas arte contemporânea | 08.12.17 a 10.02.18

MBac coloca o acervo em exposição com novos artistas e visitas guiadas

A Matias Brotas arte contemporânea chega ao fim de 2017 ampliando ainda mais a experiência do colecionador com a arte contemporânea e coloca parte do seu acervo em exposição. A mostra traz cerca de 20 obras de artes entre pinturas, esculturas, fotografia e outros suportes artísticos de nomes como José Bechara, Antonio Bokel, Mai-Britt Wolthers, Andrea Brown, Shirley Paes Leme, José Spaniol, Suzana Queiroga, Lara Felipe, Raphael Bianco, além dos novos artistas Matias Mesquita e Ana Paula Oliveira, compõem a mostra do acervo. A exposição do acervo pode ser visitada até 10 de fevereiro.
Diferente dos outros anos, nesta exposição, o visitante pode vivenciar uma experiência única, pois as visitas são agendadas e guiadas, ou seja, será uma viagem pelo acervo, com um guia falando sobre cada obra, a história e carreira de cada artista que compõe a mostra.

Uma das obras em destaque na exposição é a ‘Contenção em Bloco’ de Matias Mesquita, novo artista que passa a fazer parte do portfólio da Matias Brotas. É uma obra híbrida de caráter pictórica e escultural, onde a imagem funde-se a materialidade da peça, num aparente contraste que funciona como complemento simbólico. Imagens realistas de céus e nuvens são pintadas sobre placas de concreto de diferentes tamanhos e formas.  A representação fiel de fotografias tomadas pelo artista do céu de Brasília, com sua característica luminosidade e arquitetura de nuvens, ao ser registrada em material tão alheio às tradições artísticas, mas tão presente à vida urbana, gera uma situação de estranheza e fria sedução. Esse instante efêmero, capturado e reproduzido pictoricamente, parece fixado, preso no concreto, como um lembrete de sua beleza frágil, de sua provisória memória […]

  • Exposição do Acervo | Matias Brotas arte contemporânea | 08.12.17 a 10.02.18
    Permalink Gallery

    Exposição do Acervo | Matias Brotas arte contemporânea | 08.12.17 a 10.02.18

Exposição do Acervo | Matias Brotas arte contemporânea | 08.12.17 a 10.02.18

Matias Brotas abre exposição do acervo com novos artistas e visitas guiadas para ampliar a experiência com a arte

Matias Mesquita e Ana Paula Oliveira passam a integrar o time da galeria que já conta com nomes como José Bechara, Antonio Bokel, Mai-Britt Wolthers, Andrea Brown, Shirley Paes Leme, José Spaniol. A Mostra abre no dia 08 de dezembro e segue para visitação até 10 de fevereiro de 2018.

Uma vez por ano a Matias Brotas arte contemporânea coloca seu acervo em exposição com o objetivo de levar novas experiências aos colecionadores e apreciadores da arte, reunindo obras de seu time de artistas. Nomes como José Bechara, Antonio Bokel, Mai-Britt Wolthers, Andrea Brown, Shirley Paes Leme, José Spaniol, Suzana Queiroga, Lara Felipe, Raphael Bianco, além dos novos artistas Matias Mesquita e Ana Paula Oliveira, compõem a mostra do acervo, com mais de 20 obras de diferentes suportes, da pintura à escultura, fotografia. A exposição abre ao público no dia 08 de dezembro e segue até 10 de fevereiro de 2018. 
Diferente dos outros anos, nesta exposição, o visitante vivenciará uma experiência única, pois as visitas serão agendadas e guiadas, ou seja, será uma viagem pelo acervo, com um guia falando sobre cada obra, a história e carreira de cada artista que compõe a mostra. Segundo a galerista Lara Brotas, essa ideia das visitas agendadas busca oferecer ao colecionador ou quem deseja iniciar no colecionismo, uma experiência maior com a arte contemporânea e um conhecimento mais profundo sobre cada obra, a técnica artística e sobre o seu criador.

Uma das obras em destaque na exposição é a ‘Contenção em Bloco’ de Matias Mesquita, novo artista que passa a fazer parte do portfólio da Matias Brotas. É uma obra híbrida […]

Andrea Brown| Clube do Colecionador| 4ª edição

A Matias Brotas arte contemporânea finaliza a entrega da última obra que compõe a 4ª edição do Clube do Colecionador, que tem curadoria do crítico de arte Agnaldo Farias. Os colecionadores estão recebendo em casa a escultura ‘Geometria’, da carioca Andrea Brown. Construída com tubos recortados e superpostos, o ferro é o elemento estrutural e o cimento, massa maleável, o rígido e o pesado. “Me instiga a experiência com esses materiais. São elementos ordinários da arquitetura que suspensos sugerem perspectivas, espaços e sombras. Proponho um olhar, onde construir é o fragmento da operação”, conta Andrea. A artista já participou de várias exposições no Brasil e exterior, estudou na École Nationale Supérieure dês Beaux-Arts, em Paris, na França e já recebeu o prêmio Novíssimos do IBEU- Instituto Brasil Estados Unidos.

  • Andrea Brown | MAC USP NO Século XXI: A Era dos Artistas | São Paulo | A partir de 20.05.17 | Matias Brotas
    Permalink Gallery

    Andrea Brown | MAC USP NO Século XXI: A Era dos Artistas | São Paulo | A partir de 20.05.17

Andrea Brown | MAC USP NO Século XXI: A Era dos Artistas | São Paulo | A partir de 20.05.17

Com curadoria de Katia Canton, o MAC USP – Museu de Arte Contemporânea de São Paulo, abriu dia 20 de maio a exposição “MAC USP NO ´SECULO XXI: A ERA DOS ARTISTAS”. A mostra reúne obras de 120 artistas, pertencentes ao acervo da instituição. Uma das artistas é Andrea Brown, também representada na Matias Brotas arte contemporânea. A exposição terá duas obras da Andrea, uma delas a escultura em madeira chamada ‘Abrigo’ e a outra em madeira e palha indiana chamada ‘Nós dois’.

Veja texto da curadora Katia Canton sobre a exposição:
Antes de tudo, pensamos que seria importante para uma exposição de acervo, de longa duração evitar leituras fixas. De fato, vários caminhos foram pensados para exibir esse recorte da coleção do MAC USP, composto de obras realizadas a partir de 2000, adquiridas com apoios diversos e, em sua grande maioria, doadas pelos próprios artistas. O partido escolhido, o da ocupação das obras no espaço respondendo a um percurso organizado pelo sobrenome do artista, tem o intuito de minimizar sentidos pré-estabelecidos de conexão ou evitar temas ou molduras teóricas prévias, para deixar com que as obras adquiram o máximo de mobilidade conceitual. A ideia é deixar que, em suas leituras, elas voem, viagem, aterrissem em certos momentos, para levantar novos voos depois.

A listagem de nomes substituiu o critério cronológico, que seria uma possibilidade. A decisão final considerou que a produção contemporânea possui um fluxo que desobedece a temporalidade horizontal ou a noção cronologicamente organizada de história. No momento contemporâneo, experimentamos o tempo de forma enviesada. Ou como afirma o filósofo norte-americano Arthur Danto, vivemos o fim da arte como história linear, no momento em que ela se liberta das flechas do tempo, assumindo um tempo […]

  • #04 edição Clube do Colecionador MBac | Curador Agnaldo Farias | ArtRio Fair | 28 de setembro
    Permalink Gallery

    #04 edição Clube do Colecionador MBac | Curador Agnaldo Farias | ArtRio Fair | 28 de setembro

#04 edição Clube do Colecionador MBac | Curador Agnaldo Farias | ArtRio Fair | 28 de setembro

A Matias Brotas arte contemporânea lança a 4ª edição do Clube do Colecionador de Arte em seu stand na ArtRio Fair, no dia 28 de setembro. Esta edição comemorativa aos 10 anos da MBac tem Agnaldo Farias como curador que escolheu quatro importantes artistas pelo caráter experimental e diversidades de suas pesquisas: Andrea Brown, José Bechara, José Spaniol e Raphael Bianco, que produziram quinze múltiplos.

Veja texto crítico de Agnaldo Farias sobre a 4ª edição do Clube.

BIANCO, BROWN,BECHARA e SPANIOL
A #04 edição do Clube do Colecionador da Matias Brotas arte contemporânea coincide com os dez anos da galeria. Uma década dedicada à difusão da arte contemporânea, a defender e a levar ao público capixaba uma parcela significativa da sensibilidade e da expressão mais ousada da produção artística atual. Dentro dessa linha de atuação, o Clube do Colecionador é um programa destinado a oferecer ao público, a cada edição, um conjunto reduzido mas de alta qualidade de obras múltiplas, isto é, obras com tiragens, de alguns dos artistas mais relevantes do nosso panorama, seja ele emergente ou responsável por uma trajetória consolidada. O fato de que cada obra tenha uma edição de 15 exemplares, facilita o acesso ao público, faz com que ele vá se familiarizando com os rumos poéticos da nossa produção artística, conviva com a arte do seu tempo.

Alinhado com os princípios que norteiam esse programa, convidou-se quatro artistas importantes pelo caráter experimental e diversidades de suas pesquisas. Dois deles, José Bechara e José Spaniol, possuem uma trajetória sólida, firmada ao longo dos anos 1990, com exposições individuais e coletivas em âmbito nacional e internacional, com obras em importantes coleções, públicas e privadas. Andrea Brown e Raphael Bianco, por sua vez, despontaram em anos […]

  • Andrea Brown | nova artista no time de peso da Matias Brotas
    Permalink Gallery

    Andrea Brown | nova artista no time de peso da Matias Brotas

Andrea Brown | nova artista no time de peso da Matias Brotas

Andrea Brown é a nova artista que chega para agregar ao time de peso da Matias Brotas arte contemporânea.

A carioca estudou na Escola de Artes Visuais do Parque Lage, Rio de Janeiro, e participou do Programa de Residência Artística da École Nationale Supérieure dês Beaux-Arts, Paris, France.

Andrea já recebeu prêmios como ‘Novíssimos do IBEU’ (Instituto Brasil Estados Unidos). Desde de 2006 já participou de diversas exposições coletivas no Brasil e no exterior, com destaque para:

Triobienal com curadoria de Marcus Lontra, RJ, em 2015;
Saltfineart Gallery, na Califórnia, EUA, em 2014;
Gigantes por su propia naturaleza – IVAM Institut Valencià d’Art Modern, na Espanha, em 2011;
Hold up – Galerie de L´Ecole Nationale Supérieure des Beaux-Arts, Paris, França, em 2009;
Nano Stockolm – Studion 44, Stockolm, Suécia, em 2009.

A artista também já esteve em Vitória com a coletiva ‘A última Casa, a última Paisagem’ na Matias Brotas arte contemporânea, que teve curadoria de Agnaldo Farias.