Júlio Tigre

  • Exposição do Acervo | Matias Brotas arte contemporânea | 08.12.17 a 10.02.18
    Permalink Gallery

    Exposição do Acervo | Matias Brotas arte contemporânea | 08.12.17 a 10.02.18

Exposição do Acervo | Matias Brotas arte contemporânea | 08.12.17 a 10.02.18

MBac coloca o acervo em exposição com novos artistas e visitas guiadas

A Matias Brotas arte contemporânea chega ao fim de 2017 ampliando ainda mais a experiência do colecionador com a arte contemporânea e coloca parte do seu acervo em exposição. A mostra traz cerca de 20 obras de artes entre pinturas, esculturas, fotografia e outros suportes artísticos de nomes como José Bechara, Antonio Bokel, Mai-Britt Wolthers, Andrea Brown, Shirley Paes Leme, José Spaniol, Suzana Queiroga, Lara Felipe, Raphael Bianco, além dos novos artistas Matias Mesquita e Ana Paula Oliveira, compõem a mostra do acervo. A exposição do acervo pode ser visitada até 10 de fevereiro.
Diferente dos outros anos, nesta exposição, o visitante pode vivenciar uma experiência única, pois as visitas são agendadas e guiadas, ou seja, será uma viagem pelo acervo, com um guia falando sobre cada obra, a história e carreira de cada artista que compõe a mostra.

Uma das obras em destaque na exposição é a ‘Contenção em Bloco’ de Matias Mesquita, novo artista que passa a fazer parte do portfólio da Matias Brotas. É uma obra híbrida de caráter pictórica e escultural, onde a imagem funde-se a materialidade da peça, num aparente contraste que funciona como complemento simbólico. Imagens realistas de céus e nuvens são pintadas sobre placas de concreto de diferentes tamanhos e formas.  A representação fiel de fotografias tomadas pelo artista do céu de Brasília, com sua característica luminosidade e arquitetura de nuvens, ao ser registrada em material tão alheio às tradições artísticas, mas tão presente à vida urbana, gera uma situação de estranheza e fria sedução. Esse instante efêmero, capturado e reproduzido pictoricamente, parece fixado, preso no concreto, como um lembrete de sua beleza frágil, de sua provisória memória […]

  • Exposição do Acervo | Matias Brotas arte contemporânea | 08.12.17 a 10.02.18
    Permalink Gallery

    Exposição do Acervo | Matias Brotas arte contemporânea | 08.12.17 a 10.02.18

Exposição do Acervo | Matias Brotas arte contemporânea | 08.12.17 a 10.02.18

Matias Brotas abre exposição do acervo com novos artistas e visitas guiadas para ampliar a experiência com a arte

Matias Mesquita e Ana Paula Oliveira passam a integrar o time da galeria que já conta com nomes como José Bechara, Antonio Bokel, Mai-Britt Wolthers, Andrea Brown, Shirley Paes Leme, José Spaniol. A Mostra abre no dia 08 de dezembro e segue para visitação até 10 de fevereiro de 2018.

Uma vez por ano a Matias Brotas arte contemporânea coloca seu acervo em exposição com o objetivo de levar novas experiências aos colecionadores e apreciadores da arte, reunindo obras de seu time de artistas. Nomes como José Bechara, Antonio Bokel, Mai-Britt Wolthers, Andrea Brown, Shirley Paes Leme, José Spaniol, Suzana Queiroga, Lara Felipe, Raphael Bianco, além dos novos artistas Matias Mesquita e Ana Paula Oliveira, compõem a mostra do acervo, com mais de 20 obras de diferentes suportes, da pintura à escultura, fotografia. A exposição abre ao público no dia 08 de dezembro e segue até 10 de fevereiro de 2018. 
Diferente dos outros anos, nesta exposição, o visitante vivenciará uma experiência única, pois as visitas serão agendadas e guiadas, ou seja, será uma viagem pelo acervo, com um guia falando sobre cada obra, a história e carreira de cada artista que compõe a mostra. Segundo a galerista Lara Brotas, essa ideia das visitas agendadas busca oferecer ao colecionador ou quem deseja iniciar no colecionismo, uma experiência maior com a arte contemporânea e um conhecimento mais profundo sobre cada obra, a técnica artística e sobre o seu criador.

Uma das obras em destaque na exposição é a ‘Contenção em Bloco’ de Matias Mesquita, novo artista que passa a fazer parte do portfólio da Matias Brotas. É uma obra híbrida […]

  • Julio Tigre | festival-ocupação Fábrica.Lab| Curadoria Franz Manata| Vitória| 07 a 11.11.17
    Permalink Gallery

    Julio Tigre | festival-ocupação Fábrica.Lab| Curadoria Franz Manata| Vitória| 07 a 11.11.17

Julio Tigre | festival-ocupação Fábrica.Lab| Curadoria Franz Manata| Vitória| 07 a 11.11.17

Julio Tigre em parceria com Victor Monteiro vai expor o trabalho “Sal diário”, no festival-ocupaçãoFábrica.Lab 2017, que acontece entre os dias 7 e 11 de novembro, na Fábrica de Ideias, em Vitória.

A obra é fruto da Residência Artística Fábrica.Lab2017, que aconteceu entre os dias 4 e 21 de outubro, no galpão do Museu Vale, em Vila Velha. O local abrigou artistas e coletivos artísticos selecionados a partir de uma chamada pública e, durante todo o período, o público pôde acompanhar o desenvolvimento dos trabalhos inéditos dos residentes, sob orientação do artista e curador Franz Manata.

Sal diário 
O trabalho dos artistas durante a Residência Artística Fábrica.Lab 2017 foi extrair sal das águas da baía de Vitória usando meios artificiais para acelerar o processo de evaporação. A dupla propôs pensar a extração do sal como um processo de “mineração” e colocar em evidência o contraste de escalas entre o volume deslocado de matéria – neste caso a água da baía – e o volume do mineral obtido – o sal extraído. A proposta gerou uma reflexão entre o que aparece e o que desaparece no processo de trabalho mecânico e em sua repetição diária durante este exercício de longa duração.

  • José Bechara, Antonio Bokel, Celina Portella, Julio Tigre, Suzana Queiroga, Raphael Bianco, Shirley Paes Leme, Mai-Britt Wolthers, Manfredo de Souzanetto| Casa Cor| Porto de Vitória| Vitória – Espírito Santo| 11.10.17 a 29.11.17
    Permalink Gallery

    José Bechara, Antonio Bokel, Celina Portella, Julio Tigre, Suzana Queiroga, Raphael Bianco, Shirley Paes Leme, Mai-Britt Wolthers, Manfredo de Souzanetto| Casa Cor| Porto de Vitória| Vitória – Espírito Santo| 11.10.17 a 29.11.17

José Bechara, Antonio Bokel, Celina Portella, Julio Tigre, Suzana Queiroga, Raphael Bianco, Shirley Paes Leme, Mai-Britt Wolthers, Manfredo de Souzanetto| Casa Cor| Porto de Vitória| Vitória – Espírito Santo| 11.10.17 a 29.11.17

José Bechara, Antonio Bokel, Celina Portella, Julio Tigre, Suzana Queiroga, Raphael Bianco, Shirley Paes Leme, Mai-Britt Wolthers, Manfredo de Souzanetto, são alguns dos artistas com obras selecionadas pela Matias Brotas arte contemporânea para a CasaCor ES, que acontece no Porto de Vitória. 
Suzana Queiroga expõe a instalação “Cidades-Nuvem”, feita exclusivamente para o ambiente “Casa Galeria”, das arquitetas Juliana Vervloet do Amaral e Roberta Toledo. Pairando no ar, a obra flutua como uma grande água viva, ora se camuflando com o fundo branco, ora se distinguindo do fundo azul, remetendo ao infinito.

Outra presença marcante neste mesmo ambiente é a vídeo instalação “Movimento²”, de Celina Portella, artista que este ano foi indicada pela segunda vez ao Prêmio Pipa. A obra, composta por um conjunto de 5 vídeo-objetos, traz mecanismos que movem telas de TV em sincronia com suas imagens. Na concepção da artista “a imagem do corpo aparece contida no quadro da tela, se relacionando com seus limites como se fossem limites reais do espaço em que se insere”. O projeto Movimento² foi desenvolvido na residência LABMIS 2010, no Museu da Imagem e do Som em São Paulo e remontado em 2014 através do I Programa de Fomento à Cultura Carioca em Artes Visuais. Na “Casa Galeria”, o público poderá conferir os “vídeos-objetos” 1, 2 e 3, nos quais as telas são fixas e a relação com o espaço se difere pela variação das dimensões do corpo contido no frame ideográfico.

Também é possível apreciar neste ambiente, a escultura “Descanso da sala” de José Spaniol, uma cadeira em madeira (400cm x 40cm x 45cm) que tem como características a duplicação, verticalidade e elevação, como se ganhasse vida própria. “Como numa revolta contra o mundo habitual que vemos todos os dias”, descreve o crítico de arte Agnaldo Farias.

Um quadro da série Luzes, de Raphael Bianco, único disponível, também pode ser apreciado. Ele […]

  • Júlio Tigre e Orlando Farya | Ciclo de Exposições internacional | Paris, Lisboa e Vitória | Matias Brotas
    Permalink Gallery

    Júlio Tigre e Orlando Farya | Ciclo de Exposições internacional | Paris, Lisboa e Vitória

Júlio Tigre e Orlando Farya | Ciclo de Exposições internacional | Paris, Lisboa e Vitória

Júlio Tigre e Orlando Farya no Ciclo de Exposições internacional que passará por Paris, Lisboa e Vitória.
Intitulada de “Chiado, Carmo metropolis e U-topia”, a 8ª edição do projeto Arte Pública na Esfera Pública, com Ciclo de Exposições Internacional, teve início este mês, em Paris, na Casa de Portugal. No Brasil, a exposição será inaugurada no dia 24 de março, na Galeria de Arte da UFES. A sequência de eventos culmina com um ciclo de conferências no Museu Arqueológico do Carmo, em Lisboa, dia 6 de maio.

O projeto traz exposições internacionais com artistas portugueses, espanhóis e brasileiros. Dentre os brasileiros presentes, dois em especial são representados pela Matias Brotas arte contemporânea, o mineiro Júlio Tigre e o capixaba Orlando Farya.

Júlio Tigre, que já ganhou diversos prêmios, cursou artes plásticas na Universidade Federal do ES e tem doutorado em ‘lenguajesy poética en el arte contemporáneo’ na Universidade de Granada, na Espanha. Algumas obras do artista fazem parte do acervo da Matias Brotas.

Já Orlando da Rosa Farya, mais conhecido em Vitória como Lando, há algum tempo mora em Lisboa, Portugal, onde faz doutorado na Escola de Belas Artes da Universidade de Lisboa. Orlando já realizou diversas exposições individuais e também coletivas, inclusive fora do Brasil, em cidades como Berlim e Paris.

Ciclo de Exposições Chiado, Carmo Metropolis e U-topia – Arte na esfera pública.
Casa de Portugal/Maison André Gouveia, Paris, França – de 11 a 31 de março 2016
Galeria Espaço Universitário, UFES, Vitoria, Brasil – 24 de março a 30 de abril 2016
Museu Arqueológico do Carmo, Lisboa, Portugal – de 6 a 30 de maio 2016