Matias Mesquita

  • Raphael Bianco e Matias Mesquita_Foto Cacá Lima
    Permalink Gallery

    Última semana para visitar a exposição ‘Cenas de lembranças impermanentes’

Última semana para visitar a exposição ‘Cenas de lembranças impermanentes’

Quem ainda não conferiu a exposição “Cenas de lembranças impermanentes”, que está sendo exibida na Matias Brotas Arte Contemporânea, tem poucos dias para conhecê-la. Ela fica em cartaz somente até a próxima sexta-feira (9).

A exibição traz ao público produções inéditas dos artistas Matias Mesquita e Raphael Bianco, que apresentam proposições diferenciadas sobre a produção de imagens na contemporaneidade. A entrada é gratuita.

Segundo a curadora Ananda Carvalho, os artistas tratam de distintas perspectivas e cenas acerca da representação da ilusão e da efemeridade, por isso o nome da exposição.

Matias trabalha a ideia de impermanência por meio de uma pintura que desconstrói seu suporte tradicional. São paisagens sobrepostas a materiais como barro ou blocos de cimento; Raphael, por sua vez, solicita o espaço da tela por meio de imagens aparentemente realistas. Suas obras buscam discutir sobre a construção da memória, ressaltando um passado que se reinventa constantemente.

Já o processo artístico do capixaba Raphael Bianco contempla o papel da imaginação na construção da memória. Para Bianco, ao contrário de Mesquita, é importante solicitar o espaço da tela para a pintura.

O processo de criação da série presente nesta exposição coincidiu com a mudança de local do ateliê do artista. Nos gestos de desmontagem do espaço, as memórias também se reorganizam, também são desmontadas. Em suas novas pinturas, o artista procura perscrutar momentos breves de paisagens que embaralham objetos, lembranças e recorrências de trabalhos anteriores.

Programe-se:

“Cenas de lembranças impermanentes”

– Período expositivo: até 9 de agosto de 2019

– Horário de visitação: de segunda a sexta-feira, das 10 às 19h, e aos sábados com agendamento.

– Local: Galeria Matias Brotas, localizada na Av. Carlos Gomes de Sá, 130, Mata da Praia

  • Matias Mesquita | 'Intempéries Permanentes' | Referência Galeria de Arte | Brasília | de 08.12.18 a 23.02.19
    Permalink Gallery

    Matias Mesquita | ‘Intempéries Permanentes’ | Referência Galeria de Arte | Brasília | de 08.12.18 a 23.02.19

Matias Mesquita | ‘Intempéries Permanentes’ | Referência Galeria de Arte | Brasília | de 08.12.18 a 23.02.19

O artista Matias Mesquita abriu exposição individual ‘Intempéries Permanentes’, na Referência Galeria de Arte, em Brasília. Na mostra, que tem curadoria de Cinara Barbosa, Mesquita dá continuidade à sua pesquisa com materiais de construção, estruturais e arquitetônicos, ampliando o leque de suportes possíveis para receber sua pintura.

Na exposição, ele agrega à sua produção novos materiais como: chapas de alumínio, caixas de ferro, placas de concreto e de terra vermelha do Cerrado, blocos de concreto, de tijolos e de alvenaria. A matéria-prima opera como indício de nossa realidade urbana, destrinchando sua condição social, massificada e industrial.

É na imersão contemplativa dentro do cotidiano corriqueiro que Matias Mesquita encontra a primeira força motriz para o desenvolvimento de seus trabalhos. A livre associação de situações do dia a dia gera imagens e reflexões que começam a dar contorno às ideias e ao conceito das obras.

No contraste entre as delicadas pinceladas e a brutalidade dos suportes, justaposição que ora funciona como complemento simbólico, ora como jogo de opostos, transmuta-se a poética essencial do trabalho do artista. Rompem-se, portanto, os limites que delimitam a fronteira entre a instalação, a escultura e a pintura para percebermos a vertente de um trabalho híbrido.
A curadora Cinara Barbosa acompanha a produção de Matias Mesquita desde 2016. Ela afirma que o processo de construção desta mostra partiu do interesse e da expertise do artista em pintura sobre materiais diversos.

Segundo a curadora, existe a preocupação em apresentar pelo menos a trajetória de um processo que já se encontra em outras etapas, mas em que se podem conferir as nuances dessa origem e dos novos apontamentos da pesquisa. “Ao longo de dois anos, desenvolvemos uma serie de interlocuções pensando em projetos de exposição. Muitas questões foram discutidas […]

  • Matias Mesquita | Novo artista representado pela Matias Brotas
    Permalink Gallery

    Matias Mesquita | Novo artista representado pela Matias Brotas

Matias Mesquita | Novo artista representado pela Matias Brotas

Indicado ao prêmio PIPA 2016, o artista carioca Matias Mesquita entrou para o time da Matias Brotas arte contemporânea e é o mais novo artista do portfólio de representação da galeria.

O artista, que desde 2013 vive e trabalha em Brasília, desenvolve um trabalho híbrido de caráter pictórico e escultural, onde a imagem funde-se à materialidade da peça, num aparente contraste que funciona como complemento simbólico. A matéria do suporte opera como índice da realidade urbana contemporânea, destrinchando sua condição social, massificada e anônima.

Seguindo essa linha de trabalho, uma de suas obras que já faz parte do acervo da Matias Brotas é ‘Contenção em bloco’. Imagens realistas de céus e nuvens são pintadas sobre placas de concreto de diferentes tamanhos e formas.  A representação fiel de fotografias tomadas pelo artista do céu de Brasília, com sua característica luminosidade e arquitetura de nuvens, ao ser registrada em material tão alheio às tradições artísticas, mas tão presente à vida urbana, gera uma situação de estranheza e fria sedução. Esse instante efêmero, capturado e reproduzido pictoricamente, parece fixado, preso no concreto, como um lembrete de sua beleza frágil, de sua provisória memória e inexorável passagem do tempo.

Mesquita graduou-se em Desenho Industrial /Comunicação Visual pela PUC-Rio (Rio de Janeiro, RJ). Participou na produção de vários video-clipes de animação, muitos deles premiados pela MTV Video Music Awards Brasil. Em 2009 começa a frequentar a Escola de Artes Visuais do Parque Lage (Rio de Janeiro, RJ) e inicia sua carreira como artista plástico.

Vencedor do prêmio IBRAM na ArtRio 2011 e terceiro colocado no Prêmio 20º Encontro de Artes de Atibaia, Matias Mesquita realizou sua primeira individual em 2012, ‘Incontáveis’. De lá pra cá foram várias exposições como “O Que Pesa Mais” […]