Encontros

  • QUEERMUSEU: Cartografias da Diferença na Arte Brasileira | Escola de Artes Visuais do Parque Lage | Rio de Janeiro | 18.08.18 a 16.09.18
    Permalink Gallery

    QUEERMUSEU: Cartografias da Diferença na Arte Brasileira | Escola de Artes Visuais do Parque Lage | Rio de Janeiro | 18.08.18 a 16.09.18

QUEERMUSEU: Cartografias da Diferença na Arte Brasileira | Escola de Artes Visuais do Parque Lage | Rio de Janeiro | 18.08.18 a 16.09.18

A exposição Queermuseu: Cartografias da Diferença na Arte Brasileira, fechada e censurada em 10 de setembro do ano passado (no Santander Cultural, em Porto Alegre), foi reaberta agora em agosto nas Cavalariças da Escola de Artes Visuais do Parque Lage (EAV).

A aguardada remontagem no Rio conta com 223 obras de 84 artistas reconhecidos nacional e internacionalmente, como Adriana Varejão, Alair Gomes, Alfredo Volpi, Cândido Portinari, Efrain Almeida, Guignard, Leonilson, Lygia Clark, Pedro Américo, Sidney Amaral e Yuri Firmeza.

A curadoria de Gaudêncio Fidelis reuniu trabalhos provenientes de coleções públicas e particulares, que percorrem um arco histórico de meados do século XX até a atualidade, formando um mosaico significativo da diversidade estética e geracional da produção artística no país. A Queermuseu é a primeira plataforma curatorial com abordagem exclusivamente queer já realizada no Brasil e a primeira da América Latina com tal envergadura.
A diferença é um dos fundamentos do queer, termo de origem pejorativa que teve seu significado transformado nos anos 1980 na luta por direitos civis e movimentos LGBTI+. Desde então, queer passou a designar a diversidade e o direito a uma existência fora da norma.

“Queermuseu: cartografias da diferença na arte brasileira” explora a expressão e identidade de gênero, a diversidade e a diferença na arte brasileira por meio de um conjunto de obras que percorrem um arco histórico de meados do século XX até a atualidade.

Em paralelo à mostra, como programa público, a EAV promoverá o Fórum Queermuseu. Discussões em torno das manifestações culturais periféricas, das diversas identidades de gênero e orientações sexuais pretendem reforçar o movimento contra a censura e a intolerância, além de reconhecer a pluralidade artística brasileira.

A Queermuseu no Rio contará ainda com apresentações musicais em todos os finais de semana da […]

#TodoMundoNaGaleria | Agende sua visita!

Que tal um programa diferente com a família e/ou os filhos no sábado pela manhã?

A galeria Matias Brotas arte contemporânea está de portas para receber com visita guiada os capixabas que querem validar e renovar as relações familiares com uma experiência única em torno da arte.

Com agendamento prévio, fazemos uma visita guiada pela exposição contando sobre as obras de arte, trajetória dos artistas e seus principais trabalhos e materiais usados nas criações. É um mergulho no universo da arte de forma leve e descontraída.

É uma oportunidade, inclusive, de introduzir as crianças no universo da arte, com contato com as obras de arte, podemos muitas vezes tocá-las, gerando maior interação, sentimentos e afetos.

Estamos te esperando!

Agenda sua visita: Tel: (27)3327-6966.

Atualização 01/jun:
E assim foi o nosso #todomundonagaleria
Uma manhã especial em torno da exposição “de sangue e ossos”, com curadoria de Isabel Portella, onde toda a família teve a oportunidade de conhecer um pouco mais da arte contemporânea de uma forma muito divertida.
Confira o vídeo

  • ARTe & Moda | Matias Brotas e Shopping Vitória| Cinemark| 27.10.17
    Permalink Gallery

    ARTe & Moda | Matias Brotas e Shopping Vitória| Cinemark| 27.10.17

ARTe & Moda | Matias Brotas e Shopping Vitória| Cinemark| 27.10.17

A Matias Brotas arte contemporânea realizou mais um encontro do projeto Arte&…, que une a arte a outras áreas e que busca direcionar o olhar do colecionador a novas experiências. Em parceria com o Shopping Vitória, a galeria promoveu o bate-papo sobre ‘Arte & Moda’ no dia 27 de outubro, às 9h, no Cinemark. Os convidados que desembarcam para o encontro foram a consultora de imagem Cris Pinheiro Guimarães e o artista Antonio Bokel.

Consultora de Imagem Pessoal e Personal Stylist, a carioca Cris Pinheiro Guimarães é especialista em estabelecer conexões visuais entre a Moda e a Arte. Colecionadora de arte contemporânea e frequentadora de galerias, exposições e feiras de arte no Brasil e no exterior, ela falou sobre a influência da arte no seu olhar sobre a moda. 

Na ocasião, a consultora de moda apresentou a relação dos estilos femininos com os diferentes tempos da história da arte e como isso influencia a cultura e o comportamento da sociedade. Cris Pinheiro também abordou temas como as conexões visuais, o olhar estético e o círculo cromático. “Cor é energia, é comprimento de onda. Ela vibra na mesma frequência na arte, na decoração, na moda. Basta um olhar estético sobre a obra. Eu transfiro uma cartela de obras para uma roupa e já imagino aquela composição em uma peça. Isso é transferir a arte para a moda e tornar essa relação sempre próxima”, explica ela.

Indicado ao Prêmio Pipa em 2015, um dos mais importantes do país, o artista carioca Antonio Bokel tem o grafite como seu pilar. Sua arte nasce do olhar da rua, universal, urbano e sensível. Em Vitória, além de contar um pouco sobre sua trajetória artística e principais trabalhos ao longo dos mais de 10 […]

  • ARTe & Mercado + Investimento | Matias Brotas e Valor Investimentos | Galeria Matias Brotas | 30 de agosto
    Permalink Gallery

    ARTe & Mercado + Investimento | Matias Brotas e Valor Investimentos | Galeria Matias Brotas | 30 de agosto

ARTe & Mercado + Investimento | Matias Brotas e Valor Investimentos | Galeria Matias Brotas | 30 de agosto

Matias Brotas e Valor Investimentos realizam encontro sobre ‘ARTe & Mercado + Investimento’

O evento, que acontece dia 30 de agosto, faz parte do projeto ‘ARTe &…’, e traz a Vitória os especialistas Fábio Szwarcwald, economista, colecionador e diretor da Escola de Artes Visuais do Parque Lage – RJ, e Celson Placido, estrategista em mercado de investimentos.

Dando continuidade ao Projeto ‘Arte &…”, que busca oferecer novas experiências e mais conhecimento aos seus colecionadores nas mais diversas áreas em torno das artes, a Matias Brotas arte contemporânea em parceria com a Valor Investimentos realiza na galeria no próximo dia 30 de agosto, a partir das 19h, mesa-redonda sobre o tema ‘ARTe & Mercado + Investimento’.

O encontro terá a presença de dois especialistas no assunto, Fábio Szwarcwald, economista, colecionador e recém nomeado diretor da Escola de Artes Visuais do Parque Lage – RJ, e também o convidado Celson Placido, estrategista em mercado de investimentos e comentarista de importantes programas televisivos como GloboNews, Jornal da Globo, Jornal Nacional.

Fábio Szwarcwald é um apaixonado por arte com uma coleção de dar inveja com cerca de 400 obras de nomes como Vik Muniz, Amilcar de Castro, Lygia Clark, Abraham Palatinik, Gêmeos, David Batchelor, Finok, Gisele Camargo, Manuel Eudócio, Nelson Leirner e Otavio Schiper. Além de colecionador, Fábio é economista e assumiu recentemente a diretoria da Escola de Artes Visuais do Parque Lage – RJ.

Durante a mesa-redonda, ele vai falar sobre sua experiência no mercado financeiro na visão de um colecionador que adquire obras desde 2002. Vai relatar suas próprias vivências nesse mercado em expansão, sobre o colecionismo, o porquê de investir em arte, por onde começar uma coleção.

Já Celson Placido, com 20 anos de atuação, é referência nacional quando assunto é macroeconomia e […]

  • Celina Portella | Arte & Movimento | Matias Brotas arte contemporânea | Vitória | Espirito Santo| 28 de junho
    Permalink Gallery

    Celina Portella | ARTe & Movimento | Matias Brotas arte contemporânea | Vitória | Espirito Santo| 28 de junho

Celina Portella | ARTe & Movimento | Matias Brotas arte contemporânea | Vitória | Espirito Santo| 28 de junho

Matias Brotas lança projeto pioneiro ‘ARTe &…’ para promover o diálogo entre diversas expressões de arte

A primeira edição do projeto será o ‘ARTe & Movimento’ na Duetto com presença da artista carioca Celina Portella.

A Matias Brotas arte contemporânea inova em oferecer ao colecionador uma experiência ampliada e lança mais um projeto pioneiro, o ‘ARTe &…’, que ultrapassa os limites físicos do espaço da galeria para dialogar com outras expressões de arte. A Matias Brotas promoverá uma série de encontros que prometem extrapolar o campo das artes visuais e estabelecer articulações com a dança, a moda, a psicanálise, a gastronomia, a arquitetura, o mercado; buscando fazer conexões entre diferentes áreas de conhecimento.

Segundo a galerista Lara Brotas, o objetivo do projeto é, além de oferecer um diálogo com outros campos da arte, é influenciar na busca pelo conhecimento, aguçar o olhar e senso crítico do público na experiência singular do universo da arte, já que cada um tem uma maneira de ver e sentir a arte. “Queremos provocar uma pausa para a experimentação, uma pausa desse mundo urbano e corrido, onde muitas vezes esquecemos de observar, de sentir, ou de se permitir. O projeto será uma oportunidade de parar e adentrar por diversos campos da arte, dialogando com artistas e interagindo com outros colecionadores, gerando também a troca de experiências”, explica.

A primeira edição do projeto acontece no próximo dia 28 de junho, com o tema ‘ARTe & Movimento’. O encontro acontece na Duetto, em Santa Lúcia, a partir das 19h, um bate-papo com a irreverente artista Celina Portella, seguido de uma aula de dança contemporânea com Gil Mendes.

O projeto contempla ainda este ano mais três encontros. O ‘ARTe & Mercado + Investimento’, ‘ARTe & Moda’ e ‘ARTe & Arquitetura’, reunindo os mais renomados […]

Arte Contemporânea e Colecionismo por Agnaldo Farias

Mantendo seu compromisso em formar colecionadores e aproxima-los dos artistas e seus processos criativos, a Matias Brotas arte contemporânea realizou recentemente na galeria encontro sobre ‘Arte Contemporânea e Colecionismo’ unindo os artistas Raphael Bianco, Vanderlei Lopes, José Spaniol e o curador da #4 edição do clube do colecionador, o crítico Agnaldo Farias.

Durante o bate-papo, Agnaldo ressaltou que “os anos se passam e as obras de arte não ficam velhas, não ficam desatualizadas. Elas são sempre potência no mundo. A produção artística ultrapassa os tempos, ela não dura apenas uma estação”.

Nesse sentido, o curador falou sobre a importância do ser humano expandir sua sensibilidade. E que a arte precisa abandonar sua posição periférica. Ela precisa estar no centro, no centro de uma comunidade, sociedade e cultura.

“A nossa maneira de estar no mundo é o tempo todo uma tentativa de equalização, de ajustar nossos gestos e falas. O que me encanta na arte é que ela não faz isso. A verdadeira obra de arte agarra você pelo colarinho. Como ela é enigmática, ela te convida à decifração, uma decifração que por sua vez é insatisfatória. Eu creio que a importância da arte também está no fato que ela coloca um pouco de pausa nesse nosso mundo tão ruidoso. Aonde tem tantos espelhimos e tantas imagens que a rigor que não tem profundidade, substância. Então é preciso que tenhamos contato com essas produções, porque essas produções artísticas elas terminam por tirar de nós o melhor que há dentro de nós”, complementa.

Agnaldo ainda falou sobre iniciativas como o Clube do Colecionador de Arte da Matias Brotas, que nada mais é do que um procedimento sistemático para que de cada tanto tenhamos contato com o melhor da produção nacional. “Isso não […]