Exposições

  • ArtRio 2018 | Matias Brotas arte contemporânea | STAND D12 | 26 a 30 de setembro | Marina da Glória | Rio de Janeiro | RJ
    Permalink Gallery

    ArtRio 2018 | Matias Brotas arte contemporânea | STAND D12 | 26 a 30 de setembro | Marina da Glória | Rio de Janeiro | RJ

ArtRio 2018 | Matias Brotas arte contemporânea | STAND D12 | 26 a 30 de setembro | Marina da Glória | Rio de Janeiro | RJ

Matias Brotas leva 12 artistas e obras inéditas para a Art Rio 2018 e lança 5ª edição do Clube do Colecionador

A galeria de Vitória, Espírito Santo, fará parte do programa Panorama, espaço da feira que reúne as galerias já consolidadas no circuito internacional de arte com as principais galerias do mundo.

A Matias Brotas arte contemporânea estará presente em um dos maiores eventos de arte da América Latina, a Art Rio 2018, que acontece entre os dias 26 e 30 de setembro, na Marina da Glória. A galeria fará parte do programa Panorama, espaço da feira que reúne as galerias já consolidadas no circuito internacional de arte com as principais galerias do mundo. Estarão no stand os artistas: Adrianna Eu, Andréa Brown, Antônio Bokel, José Bechara, Lara Felipe, Mai-Britt Wolthers, Matias Mesquita, Raphael Bianco, Rosana Paste, Sandro Novaes, Suzana Queiroga e Vanderlei Lopes, que vão apresentar, em sua maioria, obras criadas especialmente para a feira.

Também para o evento, a Matias Brotas prepara o lançamento da 5ª edição do Clube do Colecionador, que traz, em múltiplos, obras exclusivas dos artistas Adrianna Eu, Claudia Melli e Sandro Novaes.

Adrianna Eu apresenta um objeto que trata da força que torna real o desejo. Uma síntese de não sabedorias decorrentes de uma relação que se instaura inicialmente consigo mesmo, com o outro, com o espaço em que habita e ulteriormente com o tempo. O carretel com linhas vermelhas e agulha, que marca de maneira singular as obras da artista, traz talhado na madeira a frase “Desejo acha caminho”, artesanalmente datilografada à mão, com as letras destacadas da máquina de escrever.

O trabalho desenvolvido por Claudia Melli para o Clube do Colecionador é um desdobramento da série ‘Nem todo Silêncio’, na qual […]

  • Antonio Bokel | INQUIET (AÇÃO) | AM Galeria | Belo Horizonte – MG | 04.08.18 a 23.09.18
    Permalink Gallery

    Antonio Bokel | INQUIET (AÇÃO) | AM Galeria | Belo Horizonte – MG | 04.08.18 a 23.09.18

Antonio Bokel | INQUIET (AÇÃO) | AM Galeria | Belo Horizonte – MG | 04.08.18 a 23.09.18

O instigante nome ‘Inquiet(ação)’, o artista Antonio Bokel abriu individual na AM Galeria de Arte, em Belo Horizonte, Minas Gerais. Com curadoria de Vanda Klabin, a exposição reúne 40 trabalhos de Bokel, dentre pinturas, esculturas e uma instalação – algumas dessas obras já conhecidas e outras apresentadas ao público pela primeira vez.

Inspirada na temática de morte e renascimento, há um olhar sobre o olhar da pintura, que cria uma interlocução com outras linguagens, como a literatura. Antonio Bokel relaciona suas obras à linguagem de artistas urbanos e da arte pop, como Andy Warhol, Keith Haring e Jean Michel Basquiat, assim como outros nomes da vanguarda contemporânea, como Amílcar de Castro e Mira Schendel.

A temática dos ciclos da vida norteia a mostra: morte e renascimento são abordagens constantes. O artista criou também elementos geométricos e apostou na repintura de telas, reforçando a ideia de memória e reconstrução de passado, sem deixar de lado a poética urbana que atravessa toda a obra do artista.

A exposição segue para visitação gratuita até dia 23 setembro.

Veja texto crítico na íntegra da curadora:

INQUIET (AÇÃO) por Vanda Klabin
A trajetória artística de Antonio Bokel é uma das ricas e variadas da sua geração. Beneficiário de uma liberdade contemporânea, uma poética de suas experimentações artísticas tem outra duração, outra intensidade. O crítico de arte Giulio Carlo Argan é umlivro de arte que faz uma representação do mundo e uma ação que realiza .  Antonio Bokel trabalha com a corrosão do conceito de arte, ao utilizar um equipamento crítico que remete, através do seu repertório prolixo, a transformadores transformadores. Suas obras são experiências multidirecionadas, inquietas e interrogativas. As suas críticas às pressões de tessitura urbana, desordenada e anónima, são adequadas ao olhar do artista […]

  • QUEERMUSEU: Cartografias da Diferença na Arte Brasileira | Escola de Artes Visuais do Parque Lage | Rio de Janeiro | 18.08.18 a 16.09.18
    Permalink Gallery

    QUEERMUSEU: Cartografias da Diferença na Arte Brasileira | Escola de Artes Visuais do Parque Lage | Rio de Janeiro | 18.08.18 a 16.09.18

QUEERMUSEU: Cartografias da Diferença na Arte Brasileira | Escola de Artes Visuais do Parque Lage | Rio de Janeiro | 18.08.18 a 16.09.18

A exposição Queermuseu: Cartografias da Diferença na Arte Brasileira, fechada e censurada em 10 de setembro do ano passado (no Santander Cultural, em Porto Alegre), foi reaberta agora em agosto nas Cavalariças da Escola de Artes Visuais do Parque Lage (EAV).

A aguardada remontagem no Rio conta com 223 obras de 84 artistas reconhecidos nacional e internacionalmente, como Adriana Varejão, Alair Gomes, Alfredo Volpi, Cândido Portinari, Efrain Almeida, Guignard, Leonilson, Lygia Clark, Pedro Américo, Sidney Amaral e Yuri Firmeza.

A curadoria de Gaudêncio Fidelis reuniu trabalhos provenientes de coleções públicas e particulares, que percorrem um arco histórico de meados do século XX até a atualidade, formando um mosaico significativo da diversidade estética e geracional da produção artística no país. A Queermuseu é a primeira plataforma curatorial com abordagem exclusivamente queer já realizada no Brasil e a primeira da América Latina com tal envergadura.
A diferença é um dos fundamentos do queer, termo de origem pejorativa que teve seu significado transformado nos anos 1980 na luta por direitos civis e movimentos LGBTI+. Desde então, queer passou a designar a diversidade e o direito a uma existência fora da norma.

“Queermuseu: cartografias da diferença na arte brasileira” explora a expressão e identidade de gênero, a diversidade e a diferença na arte brasileira por meio de um conjunto de obras que percorrem um arco histórico de meados do século XX até a atualidade.

Em paralelo à mostra, como programa público, a EAV promoverá o Fórum Queermuseu. Discussões em torno das manifestações culturais periféricas, das diversas identidades de gênero e orientações sexuais pretendem reforçar o movimento contra a censura e a intolerância, além de reconhecer a pluralidade artística brasileira.

A Queermuseu no Rio contará ainda com apresentações musicais em todos os finais de semana da […]

#TodoMundoNaGaleria | Agende sua visita!

Que tal um programa diferente com a família e/ou os filhos no sábado pela manhã?

A galeria Matias Brotas arte contemporânea está de portas para receber com visita guiada os capixabas que querem validar e renovar as relações familiares com uma experiência única em torno da arte.

Com agendamento prévio, fazemos uma visita guiada pela exposição contando sobre as obras de arte, trajetória dos artistas e seus principais trabalhos e materiais usados nas criações. É um mergulho no universo da arte de forma leve e descontraída.

É uma oportunidade, inclusive, de introduzir as crianças no universo da arte, com contato com as obras de arte, podemos muitas vezes tocá-las, gerando maior interação, sentimentos e afetos.

Estamos te esperando!

Agenda sua visita: Tel: (27)3327-6966.

Atualização 01/jun:
E assim foi o nosso #todomundonagaleria
Uma manhã especial em torno da exposição “de sangue e ossos”, com curadoria de Isabel Portella, onde toda a família teve a oportunidade de conhecer um pouco mais da arte contemporânea de uma forma muito divertida.
Confira o vídeo

Programe-se: Principais eventos de arte em 2018

FEVEREIRO
Arco Madrid – 37ª edição
De 21 a 25 de fevereiro
Este ano com a participação de 211 galerias de 29 países, a feira vai tratar sobre o tema ‘Futuro’. A Arco Madrid é uma feira internacional de arte contemporânea que se realiza anualmente em Madrid, Espanha, e caracteriza-se por apoiar o desenvolvimento de um mercado de arte do país, e também de impulsionar a prática do colecionismo de arte contemporânea.

MARÇO
Art Basel Hong Kong – 6ª edição
De 29 a 31 de março
Edição da Art Basel na Ásia. A feira reúne obras de todo o mundo, mas sem dúvidas trouxe visibilidade para o continente asiático, já que metade das galerias participantes são da região. A mostra oferece uma visão aprofundada da diversidade do continente através de material histórico e obras de ponta de artistas estabelecidos e emergentes.

ABRIL
SP-Arte – 14ª edição
11 a 15 de abril de 2018
São Paulo – Pavilhão da Bienal – Parque Ibirapuera
A SP-Arte – Festival Internacional de Arte de São Paulo – se estabelece mais e mais como dinâmica plataforma de intercâmbio cultural e artístico entre curadores, colecionadores, artistas, renomadas galerias, obras e admiradores das artes. Dessa forma, firma-se como tradutora da produção atual, a nova e a já consagrada, além de promover a profissionalização do mercado criativo no Brasil. Nos dias de evento, a arte moderna e contemporânea ocupa lugar central em debates e criações, que se estendem por toda cidade de São Paulo.

MAIO
Art New York – International Contemporary Modern Art Fair
De 3 a 6 de maio
O evento proporciona uma nova alternativa para a aquisição de importantes obras nunca antes expostas de ambos os mercados primário e secundário. A feira recebe colecionadores experientes e novas arte que estão olhando para experimentar, uma apresentação rica […]

Programe-se: Agenda de feiras de Arte

Janeiro
1 – ESTE Arte – 3ª edição
De 11 a 14 de janeiro
Punta Del Este – Uruguai
Dirigida por Laura Bardier, ESTE ARTE propõe uma oferta artística que vai de vanguardas históricas a arte contemporânea e emergente. A feira traz uma seleção de grandes galerias locais e internacionais que dão aos colecionadores a oportunidade de experimentar qualidade numa escala agradável.

Fevereiro
Arco Madrid – 36ª edição
De 22 a 26 de fevereiro
Espanha
É uma feira internacional de arte contemporânea que se realiza anualmente em Madrid, Espanha, e caracteriza-se por apoiar o desenvolvimento de um mercado de arte do país, e também de impulsionar a prática do colecionismo de arte contemporânea.

Março
Art Basel Hong Kong – 5ª edição
De 23 a 25 de março
Hong Kong
Edição da Art Basel na Ásia. A feira reúne obras de todo o mundo, mas sem dúvidas trouxe visibilidade para o continente asiático, já que metade das galerias participantes são da região. A mostra oferece uma visão aprofundada da diversidade do continente através de material histórico e obras de ponta de artistas estabelecidos e emergentes.

Abril
SP-Arte – 13ª edição
De 05 a 09 de abril
São Paulo – Pavilhão da Bienal – Parque Ibirapuera
Um dos mais importantes eventos do mercado global de artes que reúne consagradas galerias que trazem mais de 2.000 artistas do Brasil e do mundo. Durante o evento, que se espalha pela cidade, há conversas sobre o fazer artístico, além da presença de revistas, editoras e lançamentos de livros no Pavilhão da Bienal, que compõem um panorama do circuito contemporâneo. Dessa forma, a SP-Arte se consolida como um aglutinador de tendências e ainda fortalece a economia criativa do país.

Maio
1 – Art Miami New York
De 3 a 7 de maio
Nova York
O evento proporciona uma nova alternativa […]

  • ArtRio 2016 | Matias Brotas arte contemporânea #10anos | STAND V3 | Pier Mauá | Rio de Janeiro - RJ | 28 de setembro a 02 de outubro
    Permalink Gallery

    ArtRio 2016 | Matias Brotas arte contemporânea #10anos | Stand V3 | Pier Mauá | Rio de Janeiro – RJ | 28 de setembro a 02 de outubro

ArtRio 2016 | Matias Brotas arte contemporânea #10anos | Stand V3 | Pier Mauá | Rio de Janeiro – RJ | 28 de setembro a 02 de outubro

Completando 10 anos em 2016, a Matias Brotas arte contemporânea se estabelece no cenário da arte contemporânea com vigor e comprometimento para fomentar a arte, incentivar a produção de jovens artistas e criar conexões entre críticos de arte, artistas, colecionadores, curadores e o público. Seu acervo é composto por artistas renomados no cenário nacional e internacional da arte contemporânea, como Manfredo de Souzanetto e José Bechara, além de investir em jovens e promissores talentos como Lara Felipe, Miro Soares, Raphael Bianco, Renata Egreja, Antonio Bokel e Mai-Britt Wolthers.

Faz parte do seu projeto curatorial exposições individuais e coletivas, possibilitando a circulação das obras de artistas consagrados, trazendo, ainda, o pensamento crítico de grandes curadores e críticos.

Entre as exposições coletivas relevantes da galeria citamos “A última Casa, a última paisagem” com curadoria de Agnaldo Farias. Entre as individuais contamos com artistas como Raphael Bianco, Paulo Vivacqua, José Bechara, Gabriela Machado e Renata Tassinari. Curadores do calibre de Waldir Barreto e Paulo Sérgio Duarte também firmaram suas assinaturas na galeria. A MBac lançou em 2013 o primeiro clube do colecionador de arte do Espírito Santo, que ruma à quarta edição, contribuindo para democratização e estimulo ao consumo de arte no Brasil.

A MBac consolida-se como expoente em arte contemporânea no Espirito Santo e a gradativa inserção no circuito de feiras visa ampliar a visibilidade dos artistas locais em âmbito nacional, bem como, promover intercâmbios, estabelecendo novas visões e possibilidades no mercado de arte.

Para a 6ª edição da ArtRio, a MBac selecionou 10 artistas para apresentarem sua produção mais recente.  Andrea Brown, Antonio Bokel, Lara Felipe, Manfredo de Souzanetto, Mai-Britt Wolthers, Raphael Bianco, Renata Egreja, Shirley Paes Leme, Suzana Queiroga e Vilar.

Andrea Brown é um dos grandes destaques do Stand. Além de fazer parte da #4edição do clube do colecionador da galeria, a […]

Antonio Bokel | Nada além das palavras |  Vitória | ES

Com o objetivo de criar um diálogo com a cidade de Vitória, o artista carioca Antonio Bokel, que abriu individual “Nada além das palavras” na Matias Brotas arte contemporânea, realizou, juntamente com os artistas capixabas Raphael Genuíno e Alex Vieira, uma intervenção artística pela capital capixaba, envolvendo 13 pontos da cidade.

O nome da individual “Nada além das palavras”, que fica em cartaz na galeria até 4 de agosto, foi usado em um grupo de cartazes do tipo lambe-lambe, que os artistas espalharam de forma consciente pelas ruas.

Alguns pontos como Leitão da Silva, Avenida Norte Sul em Jardim Camburi, Centro de Vitória, Avenida Adalberto Simão Nader, ganharam a arte urbana dos artistas com imagens e palavras.

  • ArtRio 2016 | Programe-se  | Píer Mauá | Rio de Janeiro |  RJ
    Permalink Gallery

    ArtRio 2016 | Programe-se  | Píer Mauá | Rio de Janeiro |  RJ

ArtRio 2016 | Programe-se  | Píer Mauá | Rio de Janeiro |  RJ

Pelo segundo ano consecutivo, a Matias Brotas arte contemporânea foi selecionada para participar da ArtRio Fair 2016, um dos principais eventos de arte da América Latina, que acontece entre os dias 29 de setembro a 02 de outubro, no Píer Mauá, Rio de Janeiro. Além de stand com representação de 9 artistas e obras inéditas, a galeria capixaba também lançará no evento sua 4ª edição do Clube do Colecionador de Arte, que terá edição especial comemorativa dos 10 anos da galeria com curadoria de Agnaldo Farias. O lançamento oficial acontece no stand da Matias Brotas no dia 28 de setembro, às 17h, para convidados.

Programe-se!

Durante a ArtRio, a Matias Brotas ainda fará uma programação paralela exclusiva para convidados.

  • Programe-se | 32ª Bienal de São Paulo | 10 de setembro a 12 de dezembro | Matias Brotas arte contemporânea
    Permalink Gallery

    Programe-se | 32ª Bienal de São Paulo | 10 de setembro a 12 de dezembro

Programe-se | 32ª Bienal de São Paulo | 10 de setembro a 12 de dezembro

Com o tema ‘Incerteza Viva’, 32ª Bienal de São Paulo divulga lista completa de artistas confirmados.

A 32ª Bienal de São Paulo já tem dada marcada e também a lista completa dos artistas e coletivos que vão fazer parte da edição. Com curadoria de Jochen Volz e dos cocuradores Gabi Ngcobo (África do Sul), Júlia Rebouças (Brasil), Lars Bang Larsen (Dinamarca) e Sofía Olascoaga (México), a mostra acontece de 10 de setembro a 12 de dezembro de 2016 no Pavilhão Ciccillo Matarazzo e enfoca noções de “incerteza” e “entropia” a fim de refletir sobre as condições atuais da vida e as possibilidades oferecidas pela arte contemporânea para abrigar e habitar incertezas.

Como resultado de um processo de pesquisa iniciado em março de 2015, a lista final anunciada pela organização apresenta uma seleção de participantes de 33 países marcada pela forte presença de artistas nascidos após 1970; de mulheres – são mais da metade dos artistas convidados – e de projetos comissionados, produzidos para o contexto da exposição.

Quem quiser conferir a lista completa dos artistas e mais detalhes sobre a Bienal é só acessar o site www.bienal.org.br