Indicado ao prêmio PIPA 2016, o artista carioca Matias Mesquita entrou para o time da Matias Brotas arte contemporânea e é o mais novo artista do portfólio de representação da galeria.

O artista, que desde 2013 vive e trabalha em Brasília, desenvolve um trabalho híbrido de caráter pictórico e escultural, onde a imagem funde-se à materialidade da peça, num aparente contraste que funciona como complemento simbólico. A matéria do suporte opera como índice da realidade urbana contemporânea, destrinchando sua condição social, massificada e anônima.

Seguindo essa linha de trabalho, uma de suas obras que já faz parte do acervo da Matias Brotas é ‘Contenção em bloco’. Imagens realistas de céus e nuvens são pintadas sobre placas de concreto de diferentes tamanhos e formas.  A representação fiel de fotografias tomadas pelo artista do céu de Brasília, com sua característica luminosidade e arquitetura de nuvens, ao ser registrada em material tão alheio às tradições artísticas, mas tão presente à vida urbana, gera uma situação de estranheza e fria sedução. Esse instante efêmero, capturado e reproduzido pictoricamente, parece fixado, preso no concreto, como um lembrete de sua beleza frágil, de sua provisória memória e inexorável passagem do tempo.

Mesquita graduou-se em Desenho Industrial /Comunicação Visual pela PUC-Rio (Rio de Janeiro, RJ). Participou na produção de vários video-clipes de animação, muitos deles premiados pela MTV Video Music Awards Brasil. Em 2009 começa a frequentar a Escola de Artes Visuais do Parque Lage (Rio de Janeiro, RJ) e inicia sua carreira como artista plástico.

Vencedor do prêmio IBRAM na ArtRio 2011 e terceiro colocado no Prêmio 20º Encontro de Artes de Atibaia, Matias Mesquita realizou sua primeira individual em 2012, ‘Incontáveis’. De lá pra cá foram várias exposições como “O Que Pesa Mais” (2013), “Impermanência” (2014), “Traços de Impermanência” (2015), entre outras. Fundou junto com outros parceiros, o Elefante Centro Cultural, espaço autônomo e independente de estímulo a práticas de experimentação em arte contemporânea localizado em Brasília, DF.