História de fantasma para gente grande, de Aby Warburg
É uma coletânea de nove textos do historiador da arte alemão Aby Warburg (1866-1929). Durante muitos anos, Warburg foi um intelectual para intelectuais: sempre lido na universidade, mas pouco conhecido fora dela, sobretudo no Brasil. Porém, nos últimos anos, os estudos de Warburg têm se tornado cada vez mais influentes e seu pensamento vive uma onda de redescoberta em diversos países e idiomas.

Os ensaios e palestras foram selecionados pelo sociólogo Leopoldo Waizbort, professor titular na Universidade de São Paulo. São textos produzidos entre 1893 e 1929 e abrangem toda a vida intelectual de Warburg: dos primeiros escritos até o último deles.

A cultura do Renascimento na Itália é o centro de gravitação do pensamento de Warburg. A partir dela, o autor avançou rumo a manifestações culturais da Antiguidade, estudou a Reforma Protestante, passou pelo Humanismo, pesquisou diversos países do Oriente e ainda teve fôlego para os indígenas norte-americanos, a arte do século XIX e até mesmo os selos postais do século XX.

Historiadores da arte, antropólogos, filósofos, sociólogos e historiadores, pesquisadores de cinema e imagem, psicólogos e filólogos, cientistas da religião – todos encontram neste livro farto manancial de pesquisa e atestam a crescente importância da obra inesgotável de Aby Warburg.