2017

Exposição "Casa de Pássaros" | ROSA OLIVEIRA | de 23 de março de 2017 a 29 de abril de 2017 | Matias Brotas arte contemporânea
Permalink Gallery

Exposição “Casa de Pássaros”
ROSA OLIVEIRA
de 23 de março de 2017 a 29 de abril de 2017

Exposição “Casa de Pássaros”
ROSA OLIVEIRA
de 23 de março de 2017 a 29 de abril de 2017

,

Com curadoria de Marcus de Lontra, a artista carioca apresenta 22 pinturas em médios e grandes formatos, sendo 11 telas inéditas. A mostra fica aberta para visitação até 29 de abril
‘Casa de Pássaros’ abre o calendário de exposições 2017 da Matias Brotas arte contemporânea. A individual com a artista carioca Rosa Oliveira tem curadoria de Marcus de Lontra e apresenta 22 pinturas em acrílica sobre tela, em médios e grandes formatos, sendo 11 telas inéditas especialmente para a mostra em Vitória. A exposição fica aberta para visitação gratuita até o dia 29 de abril.
A mostra é composta por três séries que se complementam: ‘Casa de Pássaros’, ‘Telhados’ e a série ‘Andorinhas’, essa última com cinco telas, todas inéditas dedicadas especialmente à individual na Matias Brotas.
A artista conta que a série ‘Casa de Pássaros’, que dá nome à exposição, é uma conversa entre a poesia e a arquitetura, pautada no construtivismo. Então a poesia estaria relacionada a inspiração de casas, mas não seriam casas de pessoas, seriam casas de pássaros. Sendo que dentro de uma licença poética os pássaros não tem casas, eles não precisam de casas. Aí surge a inspiração da artista em construir alguma coisa na poesia, no mundo invisível, na naquilo que você não acha no mundo. ‘São casas fechadas, casas de liberdade. São casas para que você pouse e voe em liberdade, não se prenda, não se aproprie, não se limite. A ideia é voar com os pássaros e não depender das casas que possam te proteger tanto que te impeçam de ser mais livres e de viver com mais liberdade, de experimentar o mundo”, explica.
Outra série na exposição chamada ‘Telhados’ é uma série que contraria a arquitetura, pois a artista […]

Exposição "Acervo em exposição" | COLETIVA | de 09 de janeiro de 2017 a 24 de fevereiro de 2017
Permalink Gallery

Exposição “Acervo em exposição”
COLETIVA
de 09 de janeiro de 2017 a 24 de fevereiro de 2017

Exposição “Acervo em exposição”
COLETIVA
de 09 de janeiro de 2017 a 24 de fevereiro de 2017

,

Acervo em exposição: Matias Brotas arte contemporânea expõe obras dos novos artistas representados pela galeria
São mais de 20 obras que ficam expostas até dia 24 de fevereiro. Destaque para criações de Andrea Brown, Antonio Bokel, José Spaniol e Vanderlei Lopes, artistas que entraram recentemente para o time de peso da Matias Brotas.
A Matias Brotas arte contemporânea inicia 2017 abrindo ao público com sua exposição do acervo com mais de 20 obras de artistas contemporâneos, da geração 80 aos novos talentos do mercado de arte. A mostra fica aberta para visitação gratuita até o dia 24 de fevereiro. Destaque para obras de nomes como Andrea Brown, Antonio Bokel, José Spaniol e Vanderlei Lopes, artistas que entraram recentemente para o time de peso da Matias Brotas arte contemporânea.

O artista José Spaniol contabiliza diversos prêmios ao longo de sua trajetória. Suas obras estão em importantes coleções como Museu de Arte Moderna de São Paulo (M.A.M.), Museu de Arte Contemporânea da U.S.P., Instituto Cultura Itaú (SP), entre outros. Atualmente é professor do Instituto de Artes da UNESP em São Paulo. No início da carreira, o artista utiliza objetos cotidianos, e estabelece uma troca entre a função utilitária e a poética. Desde os anos 1990, explora a relação entre suas obras com arquitetura e espaços expositivos. Desde então, já realizou diversas exposições individuais e coletivas no Brasil e no exterior.

Indicado três vezes ao prêmio PIPA, Vanderlei Lopes, realizou diversas exposições individuais e coletivas no Brasil e no exterior como em Portugal, Argentina, Colômbia e Estados Unidos. Possui obras em coleções como da Pinacoteca do Estado de São Paulo, Museu de Arte Moderna de São Paulo, Museu de Arte Contemporânea da Universidade de São Paulo, Coleção Itaú, Gilberto Chateaubriand e […]