Nuno Ramos

multiplos-sentidos-coletiva-expo-matias-brotas-2011-feat-ok
Permalink Gallery

Exposição “Múltiplos Sentidos”
COLETIVA
de 23 de novembro de 2011 a 15 de janeiro de 2012

Exposição “Múltiplos Sentidos”
COLETIVA
de 23 de novembro de 2011 a 15 de janeiro de 2012

, ,

Coletiva
AMILCAR DE CASTRO | ANA HOLCK | ARNALDO BATAGLINI | DIAS SARDENBERG
EDUARDO SUED | JOSÉ BECHARA | JULIANA MORGADO | LARA FELIPE
MANFREDO DE SOUZANETTO | MARUZZA VALDETARO | NUNO RAMOS
ORLANDO DA ROSA FARYA | RAPHAEL BIANCO | REGINA RODRIGUES
RODRIGO DE CASTRO | ROSA OLIVEIRA | ROSANA PASTE | SUZANA QUEIROGA | VILAR
Na intenção de discutir o objeto múltiplo, em todos os sentidos, e o colecionismo na arte contemporânea, a Matias Brotas inaugura dia 23 de novembro de 2011 a exposição “Múltiplos sentidos”. Com a coordenação de Neusa Mendes, a mostra pretende, através da reunião de pinturas, esculturas, desenhos, fotografias e gravuras de 19 artistas, entrecruzar a arte e a reprodutibilidade.
Dividida em duas vertentes de pensamento, a exposição pretende abordar em um primeiro plano, a arte como bem acessível a todos os tipos de publico, através de sua multiplicidade. Em um segundo momento, a discussão passa para o pensamento artístico: projetos de artistas capixabas abordam o tema da reprodução em trabalhos produzidos com a intensão de dar visibilidade aos múltiplos sentidos.
A exposição “Múltiplos sentidos” vai abrir com um Bate papo com o renomado artista José Bechara, o artista capixaba Orlando da Rosa Farya e a coordenadora da exposição Neusa Mendes, em torno do tema “O Múltiplo e colecionismo na arte contemporânea”. Com obras dos artistas Amílcar de Castro, Ana Holck, Arnaldo Bataglini, Dias Sardenberg, Eduardo Sued,José Bechara, Juliana Morgado, Lara Felipe, Manfredo de Souzanetto, Maruzza Valdetaro, Nuno Ramos, Orlando da Rosa Farya, Raphael Bianco, Regina Rodrigues, Rodrigo de Castro, Rosa de Oliveira, Rosana Paste, Suzana Queiroga e Vilar, a mostra ficará em cartaz até 15 de Janeiro de 2012.

nuno-ramos-ouronegro-expo-matias-brotas-2006-feat-ok
Permalink Gallery

Exposição “OuroNegro”
NUNO RAMOS
de 01 de junho a 15 de julho de 2006

Exposição “OuroNegro”
NUNO RAMOS
de 01 de junho a 15 de julho de 2006

,

Produzidos especialmente para o espaço da galeria Matias Brotas arte contempoânea, recentemente inaugurada, as esculturas de forma a pontuar tridimensionalmente a galeria e os desenhos responsáveis por rebater as formas no espaço, proporcionando um movimento contínuo da obra, os trabalhos apresentados na mostra OuroNegro, de Nuno Ramos, foram compostas por esculturas de vidro soprado, ferro e granito polido e desenhos em alumínio, espelho, acrílico, vaselina e cera, registrando uma perfeita sintonia entre os suportes, que combinaram recortes de linhas retas e curvas sinuosas.
O artista paulista expôs no evento inaugural da galeria, que veio possibilitar aos amantes das artes plásticas mais um espaço expressivo e singular no cenário capixaba. Sobre a sua obra, vale a pena registrar um trecho da apreciação feita a seu trabalho pelo respeitado critico de arte Tiago Mesquita: “Apesar de muitas esculturas terem nome de borboleta, sua aparência é antes de crisálida, o estado em que o bicho já deixou de ser lagarta e ainda não se tornou borboleta. Os formatos, quando reunidos, têm um aspecto híbrido, que não é uma coisa nem outra, mas algo no intervalo entre essas formas. Essa associação entre elementos distintos já estava presente nas pinturas e esculturas de Nuno Ramos.”
Texto Crítico por Tiago Mesquita.